Porque é que não recordo a minha infância I



O Adeus à Vida

Adeus mãezinha, vou deixar-te,
Teus braços, um carinho teu,
Está perto a hora de partir,
Contigo choro e vou p'ro céu.
A minha vida pouco dura,
a doença não tem cura
este mundo não é meu.
Adeus mãezinha, vou deixar
teus braços um carinho teu.
Adeus paizinho, bom amigo
Tua ternura, teu olhar
Dizias sempre que só vias
O meu prazer e o meu bem-estar.
Eu levo-te no coração,
com amor e gratidão e pena de te deixar
Adeus paizinho, bom amigo,
Tinhas ternura no olhar.
Adeus Miguel, meu pequenino,
Jóia sagrada, irmão meu
Estuda, sê homem, anjo lindo
conserva sempre o riso teu.
Deus te proteja lá do céu,
tê dê esperança e te dê vida,
te dê o que não me deu.
Adeus Miguel, meu pequenino,
Jóia sagrada irmão meu.
Adeus amigos, adeus mundo,
Adeus brinquedos, meu altar,
Adeus "flores" que no jardim,
dão mais beleza ao meu lar.
Cravos e rosas, sol profundo,
Dêem cor, dêem perfume à casa que eu vou deixar,
Adeus amigos adeus mundo,
Mamã, papá, adeus meu lar!

13 comentários:

Vani disse...

PORRA!!!!!!!!!!!! que tesourinho deprimente!!!!!!!!!!

vou ali lavar os olhos e os ouvidos com optimismo e já volto.

Nawita disse...

Vani,

isto e lembrar-me do Tulicreme de avelã deram-me vontade de morrer.






admito que me ri um bocado, sobretudo com algumas coisas que li, mas parei logo com o riso, mas apenas porque tive de atender uma chamada.
vou arder no inferno e vai ser tão bom!

Vani disse...

Pois vai!! o quentinho do jacuzzi, as piscinas, a devassidão, a boa comida...tudo o que é bom vai lá estar e não vai ser pecado nem dar-nos diabetes!

anatcat disse...

Credo Naw...

estavamos tão bem a falar do Al, que mesmo ceguinho dançava o tango que era um mimo.

Mima-mos.

Isto é mesmo para...
... esquece-mos.

Vani disse...

Isto é mas é mais para CALA-MOS!

LOLOLOL


Digam à gaija que pare de ganir pelamordedeus!!!


Gane-mos.

Isa disse...

ahhh .... Nawita! (olá Vani) ...

sabes o que são caraillôs?

Nawita disse...

cat e vani,

é mesmo para esquecer!
ando a lembrar-me das coisas mais incríveis, vou parar de tomar drogas que libertam a memória. viva o recalcamento :)

Nawita disse...

Isa,

o que me ri com isso!
já descobri onde começou e fui lá responder, enfim mais ou menos, estou com muito trabalho.

Isa disse...

Tu trabalhas Nawita???

arrrrgghhhhhh! tás parva? ainda não te ensinaram que no fundo de desemprego é que é?


ai pá, agora até fiquei toda arrepiada, ui, ca noijo ...

Isa disse...

A senhora Fátima matou-se ou sofria de doença incurável? prálem da óbvia, claro.

hum?


credo, parecia ter uma família tão carinhosa, a mãmã, o papá, o mano Miguel. E tinha amigos, e brinquedos e lar e tudo. Até tinha mundo! porquê que ela diz que este mundo não era o dela? quando é que ela descobriu isso? mas foi assim de repente? um dia olhou pró mundo e percebeu que estava no sítio errado? "ups! porra, não é este o meu mundo!" Opá, ó nawita, só a estas horas é que tenho sossego e consigo andar a ver as notícias em condições e pá, bolas, lá vou eu ter que ficar outra vez à espera pela 2ª feira ...

com isto tudo na cabeça, tanta pergunta, tanta pergunta ...

Estou cheia de pena da Fátinha, quando é que ela se foi? e a nave? era daquelas redondas ou oval? luzes, tinha? muitas?

credu

Isa disse...

"Dêem cor, dêem perfume à casa que eu vou deixar"

a direcção, tens?

Isa disse...

ahahahahahah


eu não consigo parar de rir com isto ...




Olha,achas que se formos à TVI àquele programa daquela senhora estrangeira que fala com os defuntos, conseguimos falar com a Fátima? queria perguntar-lhe ondé que ela comprou a tuáléte e quem é o cabeleireiro dela.

Nawita disse...

Nem sei o que te diga... a sério!