A febre de sábado à noite

Sábado passado, como não tínhamos outro lugar onde ir, fomos ao Sasha Beach. Foi a minha primeira vez.
À entrada, um segurança passou um detector de metais pelos rapazes. Achei aquilo ridículo, olhei para o segurança e disse “A SÉRIO?!”, mas o trabalho dele não é responder a questões pertinentes.
Quando comecei a ouvir a música, todos aqueles dj’s e convidados, percebi logo quem é que eles estavam a proteger.
Não percebo o alarido que fazem quando falam do Sacha. Um estrado de madeira, com umas luzes penduradas à volta, um contentor com casas de banho, areia a monte, um bar com 3 bebidas diferentes, (fui obrigada a beber um rum manhoso, porque não havia o que gosto), a música é sempre a mesma o cheiro é que é diferente, este depende das marés.
Como estava em excelente companhia, fiz o que tinha que ser feito  “contre mauvaise fortune, bon coeur”, ou como diria o poeta “ if you can't beat them, join them” , sim, é assim mesmo, que eu agora sou in!
O momento alto da noite, para mim, foi sem dúvida quando, ás 6h10 da madrugada, ouço alguém a dizer “Sacha lóves you”, “ I wanna see you with your hands up in the ê”.
Era a Merche Romero, a gritar coisas em inglês e depois em espanhol, de vez em quando lá desafinava juntamente com a música que estava a passar. Só vos digo que até o Sol, esse astro maravilhoso, perante tamanha cena acabou por aparecer mais tarde.
Quanto será que pagam àquela mulher para fazer aquilo? Será que informam os contribuintes, sim aquilo é da câmara, do valor que lhe pagam?
E “ê”, é onde exactamente? No ar, nos ouvidos, ou noutro sítio?
Meus queridos 20€, devíamos ter feito botellón nas escadas da fortaleza.

16 comentários:

Isa disse...

Nawita, minha querida. Vinha aqui ver se ainda andavas com fastio e dou com este texto fantástico, que deve ter sido das coisas mais hilárias que já te li ( tás a ver como gostei disto). Acho muito bem que andes por aí a fazer essa pesquisa de mercado e que vás ponde de parte os sítios onde não me vais levar, quando eu aí for.

Eu ajudo: tudo que for considerado in podes por de parte. Tudo onde estiver a Merche também, que eu cá gosto de ver o sol raiar às horas a que ele está habituado.

Acho indecente contrariarem o sol!

Isa disse...

Ps: Não referi por achar óbvio, mas pelo sim pelo não cá vai: sítios onde não há o que tu gostas, é definitivamente NÃO!


Tá bem?

estás melhorzinha?

Nawita disse...

Elá! Este é o famoso "sasha" não publiquei logo porque achei que estava mau.
Obrigada :)

foi uma noite divertida, mas só pela companhia. aquele bar para além de mau e pobre, tem musica horrorosa e acho que é responsável pelo agravamento do meu mau estado de saúde.


Ando a investigar, sabes que por ti faço tudo.

Embora não esteja a 100%, a bem do conhecimento, vou ver os "les farfadets" e descobrir a vida nocturna de vila real de sto. antónio.

Depois conto.

Vani disse...

:DDDDDDDDDDDDDD é da maneira que não meto lá os pézinhos... :D

Vani disse...

:DDDDDDDDDDDDDD é da maneira que não meto lá os pézinhos... :D

Vani disse...

uau, isto é q é dupla dose aqui da cabra... :DDDDD

hilário, amigaaaa! :DDDD


lembraste-me uma vez na SAcadémica aqui da UAlg, quando o pelícia pediu na uma amiga que lhe mostrasse a mala, para a revistar. Ela, muito séria: "quer que lhe entregue a minha bazuca, também?" :DDDDDD

Rei da Lã disse...

Nunca pensei que fosses capaz de frequentar bodegas!

Nawita disse...

Vani,

não vale mesmo a pena. há sítios melhores para ir, nem que seja a casa de banho publica da estação de portimão.

Rei,

há bodegas muito fixes, este nem lhes chega aos calcanhares.

Sim, conheço bodegas com calcanhares.

tiagugrilu disse...

Por 20 aéreos eu fazia 4 botellóns, pá:

Sangria: 3 garrafas de vinho + gasosa + sumo + fruta, 4.90 euros

Tinto Verano: 3 garrafas de vinho + 2 litros de sumo de limão, 3.59 euros

- Sim, foi isto que me partiu o fígado este fim de semana. Isto e mais umas garrafas de branco.

Nawita disse...

devias saber que não se deve abusar de citrinos, foi o meu patrão que me disse, quando me viu a beber um sumo de limão.

Olha que ele, o sponge bob, sabe do que fala.

Entretanto tirei notas, vou substituir o tinto verano por uma garrafa de vodka caramelo. para sobremesa.

PWFH disse...

Vodka caramelo!?
Se isso existe vou querer uísque pudim flan, ou Brandy baba de camelo!

Nawita disse...

PWFH,
não conheces?
bebe-se muito gelado, num copinho pequenino. é o paraíso num copo, a sério.
Deviam fazer chupa-chups de vodka caramelo.

Baba de camelo? ok, gostos não se discutem. mas acho que ias ressacar para a lista dos que aguardam transplantes.

AD disse...

E também há vodka com sabor a chocolate e pimenta.

Convém esclarecer que isto não é um encorajamento a que experimentem.

Nawita disse...

a sério?
mas não é boa? já experimentaste?

é cremosa? onde é que se vende?


não que isso me interesse, claro.

Rei da Lã disse...

Vodka?!
Bagaço russo, querem dizer...
Prefiro o português, que é menos autoritário...

Roque disse...

Vodka com sabores!!! O meu avô já dizia que tudo o que é álcool ou é vinho e aguardente... ou então não passa de refresco. E olhem que estamos a falar de um homem que preferia usar álcool depois da barba, só porque o after-shave tinha um cheiro adocicado.
E eu tento, na medida do possível, honrar a sua memória.

P.S. sempre achei que Sasha era nome de cão e Merche denominação do mesmo animal, mas do sexo feminino...