You better watch out, You better not cry, Better not pout, I’m telling you why, Santa Claus is coming to town


imagem de www.nataliedee.com

Este ano não consigo, por muito que me esforce, entregar-me ao espírito Natalício.
Foi necessário a minha mãe chorar e fazer o discurso da coitadinha - a pobre mulher que para além de me ter carregado 8 meses ainda me trocou as fraldas e deu-me os seus melhores anos e eu sou incapaz de decorar a casa para o Natal, mas porquê, porquê, será que não a amo o suficiente? Quem me fez assim tão ingrata? - para ir a casa dela fazer a árvore de natal.
Faço das tripas coração para me arrastar até às lojas e comprar as prendas. Estou tão mal que ainda só comprei uma prenda por pessoa!
Já não posso ouvir falar no Natal. As decorações nas ruas e lojas, as promoções e publicidade começam cada vez mais cedo. No início de Novembro já se ouvia falar no Natal e em tudo aquilo que devíamos comprar para que fosse este o melhor Natal de sempre.
Hoje, dia 9 de Dezembro, custa-me ver que o 25 de Dezembro ainda não passou. Gostava de hibernar até meados de Janeiro, para ter a certeza de que quando saísse da minha toca, as ruas estariam limpas de todo este festival sem sentido.
O Natal é ainda, para mim, a festa da família. Assim sendo, em conjunto com alguns amigos decidimos que nos vamos juntar para beber, comer, conversar, beber, discutir, gritar, beber, chorar, beber, dançar, beber mais um bocado e acabarmos espalhados pela casa. É sempre assim, por mais que queiramos, acabamos sempre por recriar as tradições a que estamos habituados, mesmo quando sentimos que nos são impostas.
.

10 comentários:

Jack Merridew disse...

Não vou celebrar o Natal. Deixei de acreditar em Jesus na terça-feira passada.

Nawita disse...

Jack,

o que aconteceu?
Descobriram um cabelo dele e fizeram um teste de ADN? Afinal é filho do carteiro?

Jack Merridew disse...

Não sei, mas desde que o Ramires e o Di Maria saíram perdi a fé.

Nawita disse...

Pois, um jesus com meia dúzia de pescadores e 1 cobrador de impostos, não convence ninguém.

Gata das Botas disse...

Eu sofri de espírito natalício no passado dia 8 e agora espero que isso só me volte a acontecer dia 24, lá pelas 22h, quando tiver um prato de farófias à frente.

Nawita disse...

Eu tive um ataque ontem ao fim do dia, e estou a ter outro agora. Já vou no 4 ou 5º presente de Natal para mim :):)

Farófias? Eu prefiro sonhos de abóbora e pinhões. Com um bom grogue, sou capaz de ir de porta em porta cantar belas canções cheia de espírito natalício.

Vício disse...

ela conseguiu aguentar 8 meses? é mesmo uma mulher forte :D

Nawita disse...

Sim, é uma mulher muito forte que teve quase todos os filhos em casa. Eu é que preferi ir para uma clínica e antes do tempo.
Deve ser esse o meu problema, saí antes de estar bem "cozinhada".

Vani disse...

ahahahah eu nem me lembrei ainda de montar a minha. E isso consiste, basicamente, em mete-la numa mesinha e ligá-la à corrente...

Eh pah, o Natal é só stress e gasto de dinheiro que não se tem. Eu não tenho, por isso tb não posso dar prendas.

Nawita disse...

Vani,

pois é, o Natal perdeu o significado.
é difícil celebrar e e entrar no espírito da coisa quando sabemos que milhares não vão festejar.