O Ratinho foi ao baile



"O ratinho foi ao baile
De cartola e jaquetão
Sapato de bico fino
E um par de luvas na mão

Encontrou uma ratazana
Que dançava no salão
O ratinho aproximou-se
Apertando sua mão

A ratazana estava noiva
E não quis complicação
O ratinho ficou zangado
Sofrendo do coração.
Pegou na sua cartola
E retirou-se do salão."

9 comentários:

Isa disse...

Ratinho/ratazana ...

Pronto, voos altos é no que dá. Coitadinho.

Vani disse...

ooooooooooooh paaaaaaaaaaaaaaaah, eu adoravaaaaaaaa istooooooooooooooooooooooooooooooooo!

tavaaaaaaaaaa sempreeeeeeeeeee a cantaaaaaaaaaaaaaaaar istoooooooooooo!

puta da nostalgia. :(

Vani disse...

achei piada a uma descrição da música, onde diz que é uma música para ensinar as crianças!...

ensinar que a mulher do rato é a ratazana?... ahahahah!

Rodovalho Zargalheiro disse...

É porque não se pode dizer "rata" em músicas para crianças.

Rodovalho Zargalheiro disse...

O ratinho procurou alívio
Em intensa masturbação
Mas logo ficou cego
E com pelos na palma da mão


Isto sim, é pedagógico!

Nawita disse...

Isa,

tadixo, vai na volta o ratinho era pobre e gastou tudo o que tinha para alugar o jaquetão, vai a ratazana e dá-lhe com os pés.

Vani,

a ensinar as meninas que não devem olhar para outros assim que estão noivas.
a ensinar os meninos que, se vão ao baile aprendam a dançar, ninguém resiste a um bom dançarino, mas ninguém gosta de um perdedor que baixa os braços ao primeiro contratempo.

Nawita disse...

RZ,

não se pode dizer rata? a quantidade de histórias com ratinhas que pululam nos livros infantis!

Excelente exemplo de pedagogia, falta dizer que lhe cai a pilinha e que no final o ratinho cai na caldeira.

Vani disse...

ahahahahahhahahaha!´

mas, nawita, faltam os 2 ultimos versos aí!! ké ke tens contra ultimos versos? até parece q são versiculos! satanicos!

Nawita disse...

não tenho nada contra, não conhecia isto até ao fim.
já corrigi.