Rito de passagem



Apareceu-me um cabelo branco, o primeiro, acho eu.
Não se misturou com os outros, temendo pela sua vida por ser diferente, tímido e tentando passar despercebido. Não. Nasceu na linha da frente, lindo, forte, brilhante e prateado.
Apesar de ter aparecido antes da hora, estou muito orgulhosa deste cabelo prateado, para mim, o Silverado veio no momento certo.
Chegou numa altura em que me sinto, mais do que nunca, segura de mim, daquilo que posso alcançar e sobretudo, daquilo que não quero para mim.
Olho para ele, não como sinal de que, a partir daqui é sempre a descer, mas sim como uma medalha e um marco daquilo que já fiz, o caminho percorrido, as dores, as alegrias, os momentos embaraçosos, as quedas, as lições aprendidas e as vitórias.
É também a lembrança de que devo aproveitar bem o meu tempo e as oportunidades que a vida me oferece.
Viver a vida a fundo e sugá-la até ao tutano, não é gratuito, se o pagamento é ficar com o cabelo grisalho, pois  que venham eles!

13 comentários:

Gata das Botas disse...

Casting Creme gloss, tom 200

Isa disse...

ahahahahahahahah




Nawita, tá lindo o teu texto.

Pra cabelos brancos não há idade, que os sacanas aparecem quando muito bem a genética os manda. Não lhe acho piada nenhuma. Nem a isso nem a rugas. Que fique já aqui registado, que não acho piada nenhuma!!

A disse...

na realidade, os cabelos brancos são apenas uma maneira de avisar os predadores de que corres menos que os outros do teu grupo.

A disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A disse...

ainda bem que já não vivemos nessa época!! danados dos tigres dentes de sabre.

Roque disse...

MADURA...

Nawita disse...

Gata,

estava a pensar no glossy brownie, fica melhor com o meu tom de pele.

Isa,

rugas não têm piada nenhuma, concordo contigo.
mas os cabelos brancos, pelo que li, que eu gosto de ler, costumam aparecer aos 40 anos. Isto em condições normais.

Nawita disse...

A,

:D
mas também deve indicar que a carne já não é tão tenrinha. acho que os predadores gostam da perseguição, para a carninha ainda estar fumegante, quando finalmente conseguem agarrar a sua presa.

Se eu visse um tigre à minha frente, morria logo, quando ele me mordesse já eu estaria rija que nem pedra.

Nawita disse...

Roque,
não associo os cabelos brancos à maturidade. No meu caso associo apenas ao facto de estar tão madura que já caí da árvore.

Roque disse...

Humm... Fruta da época :)

Nawita disse...

Por falar em fruta, para além da pera nachi, adoro dióspiros!

Vani disse...

não me fales em cabelos brancos, por favor. E, principalmente, por favor, no carnaval, não digam "aiiiii, tens tantos cabelos brancos, da última vez q te vi não estavas assiiiim!", tá???

Nawita disse...

Vani,

nós não ligamos a isso, quando te virmos só vamos querer ter-te nos nossos braços e meter a conversa em dia :)

Deixa lá os cabelos brancos, podes pintá-los, pior seria cair-te o cabelo.