Quente, quente, quente!

Vem cá, gelado não dá

Vem cá, com sabor a limão

Vem cá, gelado só dá

Se estiver perto no meu coração

Vá lá, tão frio que está

Se está, dá-me a tua mão

Vá lá, que frio só dá

Outono no meu coração


Faz sentido? Claro que não. Tal como o frio que se faz sentir nesta terra.

Infelizmente não encontrei o vídeo desta música e ponho aqui o “Bem bom!” porque o que é bom nunca amargou :)

6 comentários:

Rodovalho Zargalheiro disse...

Por esta altura já devem é ter fermentado... O que não é necessariamente mau :)

Vani disse...

são as doce ou as quatro mosqueteiras?... ahahahah :D :D fermentaram ahahahaha! mas será que são como o vinho? quanto mais fermentadas melhor?

Nawita disse...

RZ,

estou como a Vani, será que elas são como o vinho?

Vani,

elas tinham muito estilo pá!

Rodovalho Zargalheiro disse...

Até os melhores vinhos avinagram se envelhecerem demais :)

Isa disse...

Aquilo na altura foi um estrondo e é claro que lá estava o pessoal da ala conservadora tudo muito escandalizado com a letra e mai não sei quê!

Lembro-me como se fosse ontem o meu pai a tentar afastar-me da TV e "ó filha não oiças estas poucas vergonhas que tu ainda és muito novita " e eu " quei?" e ele " ó filha ..." e eu " quei?"

E assim foi até ao fim da música.

Não, era mesmo só isto, não aconteceu mais nada.

Isa disse...

Zargalheiro,não é "envelhecer demais", é não saber envelhecer.